O livro:

 

"Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens", de Jé Oliveira, do Coletivo Negro (SP), é a segunda obra que entra para a Coleção Teatro Contemporâneo da Editora Javali. Além do texto da peça, o livro também traz um prefácio escrito por Walter Garcia - músico e professor do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo – USP. Além de fotos do espetáculo.

 

Sobre a peça:

 

"Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens" estreou em fevereiro de 2016 em São Paulo. O Grupo de teatro paulista Coletivo Negro há dez anos vem realizando pesquisas e criações cênicas em torno de vários temas essenciais da sociedade contemporânea. Um dos principais temas, senão o principal, é a questão racial no Brasil.

 

Em Farinha com açúcar, o grupo realiza uma pesquisa sobre a construção de identidades masculinas, masculinidades negras na urbanidade periférica da capital paulista. O texto se materializa por meio do ato de contar, expor, refletir e dialetizar a experiência de ser negro na contemporaneidade. O espetáculo é uma peça-show, um tributo à obra dos Racionais MC’s. O texto se desenvolve a partir de um movimento inverso: da morte para a vida. Chama a nossa atenção para a realidade, banalização, espetacularização das mortes negras e defende o desejo de mudança. Tudo isso através de um jogo dramatúrgico e cênico que é atravessado pela obra dos Racionais MC’s e por uma estética dos cortes e arranjos feitos por um DJ. Esta obra rendeu ao autor, Jé Oliveira, a contemplação no 6º Prêmio Questão de Crítica em 2017.

 

A peça foi selecionada em 2018 pelo maior projeto de circulação das artes cênicas do país, o Palco Giratório do SESC.

 

Sinopse:

 

A obra busca uma relação íntima com o público por meio da palavra falada e cantada, agora também escrita e, para isso, utiliza-se da construção poética da presença cênica. Paisagens sonoras e imagéticas materializam-se por meio do ato de contar, expor, refletir e dialetizar a experiência de ser negro na urbanidade, debruçando-se sobre um recorte acerca da construção de masculinidades negras periféricas. A peça é também tributária ao legado dos Racionais MC's.

__

Esta publicação foi viabilizada através da 29ª Edição da Lei de Fomento ao Teatro da cidade de São Paulo no projeto “A concretude material do que somos: espaços, ritos, humanidades”, proposto pelo Coletivo Negro. O lançamento tem o apoio institucional do Sesc Palladium.

 

Ficha técnica:

 

Peso: 100g
Tamanho: 18,5 x 12 x 0,4 cm

Nº de páginas: 72
ISBN: 978-85-5876-013-3
Ano: 2018

Projeto gráfico e diagramação: Amanda Goveia e Vitor Carvalho

Farinha com açúcar ou sobre a sustança de meninos e homens - Jé Oliveira

REF: 0003
R$ 30,00Preço
    0