A publicação deste livro é uma continuação dos debates ocorridos no Colóquio Internacional Dramaturgias e Pulsões Anárquicas (2018), realizado pelo NELAP - Núcleo de Estudos em Letras e Artes Performáticas - e foi organizado pelas pesquisadoras Elen de Medeiros e Sara Rojo. 

 

O Colóquio Internacional Dramaturgias e Pulsões Anárquicas  foi concebido em vista de impulsionar uma perspectiva crítica e aberta no campo da pesquisa de dramaturgia, fugindo, dessa forma, de dogmas e linhas fechadas de pensamento que restringem o olhar crítico. Os seus integrantes queriam  (e querem) mergulhar na literatura da arte cênica e da performance em seu sentido mais revolucionário: o do movimento incessante da criação e da reflexão. O debate, que se iniciou com o colóquio e que pretendemos continuar com este livro, permitiu perceber como as discussões transitavam pelos dois vieses de nosso encontro: dramaturgias e pulsões anárquicas.

Assim, reunimos aqui textos que são frutos dos fóruns que, por sua vez, foram os detonadores das inquietações de todos os participantes, e tiveram os seguintes eixos: Tradução e dramaturgia; Dramaturgias e inserções do real; Dramaturgia e política; Processos criativos; Dramaturgia, gênero e sexualidade; Dramaturgias e cenas negras espetaculares; Dramaturgias, cenas e performances indígenas. Os fóruns geraram produções que, aqui, se propõem a lançar questões e provocações diante das problemáticas contemporâneas, na medida em que alicerçam o debate nos eixos marcados pelo evento.

 

Artigos e seus autores e autoras:

 

- Dramaturgias e puslões anárquicas, por Elen de Medeiros e Sara Rojo.

- A dramaturgia do espaço - a origem, por Ramón Griffero.

- Tradução e dramaturgia como modo de praticar a democracia ou personaggi in cerca di un traduttore, por Tereza Virgínia Ribeiro Barbora e Anna Palma.

- Dramaturgia e política, por Juliana Leal.

- Fórum dramaturgia, gênero e sexualidade: desdobramentos da experiência de mediação, por Laureny Lourenço e Gustavo Moreira.

- Dramaturgias e inserções do Real: o duplo pacto representativo, por Júlia Morena Costa.

- Dramaturgias e cenas negras espetaculares: a cidade de Belo Horizonte em foco, por Marcos Antônio Alexandre.

- Dramaturgias, cenas e performances indígenas no teatro latino-americano, por Carla Dameane Pereira de Souza.

- Processos criativos: teatro como experiência e produção de acontecimentos, por Denise Araújo Pedron.

 

Sobre as organizadoras:

 

Elen de Medeiros é professora de Literatura e Teatro na Faculdade de Letras da UFMG. Coordena o Núcleo de Estudos em Letras e Artes Perfomáticas (NELAP), da UFMG, e é vice-líder do Grupo de Estudos em Dramaturgia Letra e Ato, da Unicamp. Integra, como pesquisadora, o Acervo de Escritores Mineiros (AEM/ UFMG), do qual atualmente é vice-diretora.

 

Sara Rojo é professora titular da Faculdade de Letras da UFMG e bolsista de produtividade

do CNPq. Autora, dentre outros, dos livros “Teatro e pulsão anárquica: estudos teatrais

no Brasil, Chile e Argentina” (2011), e “Teatro Latino-Americano em diálogo: produção e

visibilidade” (2016). Membro-fundador, em 1999, do Núcleo de Estudos em Letras e Artes

Performáticas (NELAP), da UFMG.

 

Ficha técnica:

Peso: 300g

Tamanho: 13,6 x 21 cm

Nº de páginas: 192

ISBN: 978-85-5876-019-5

Ano: 2019

Projeto gráfico e diagramação: Amanda Goveia e Vitor Carvalho

 

Dramaturgias e Pulsões Anárquicas

R$ 40,00Preço
    0